quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Hoje Deus vai exaltar os cuidadores de jumentos!

Gn 36.24 - E estes são os filhos de Zibeão: Aiá e Aná; este é o Aná que achou as fontes termais no deserto, quando apascentava os jumentos de Zibeão, seu pai.

A paz, amados.

O capitulo de numero 36 de livro de gênesis, traz uma espécie de genealogia e relata uma série de nomes das pessoas que formavam a família de Esaú e de famílias com ele relacionadas, tive o capricho de conta-los utilizando a versão Almeida Corrigida e Fiel da bíblia, são pelo menos 110 nomes, alguns citados uma única vez e outros foram citados várias vezes, formando ao final uma relação com 211 nomes.

São muitos nomes, muitas pessoas, muitas histórias, mas no versículo de numero vinte e quatro o Espirito Santo de Deus, leva o escritor a fazer uma pequena parada e dar um destaque a Aná por algo que ele fez e, olha que não foi lá aquelas coisas não, o escritor para de relacionar os nomes para criar um registro, dizendo que determinado dia Aná, saiu para cuidar dos jumentos de seu pai e neste dia ele achou as famosas fontes de águas quentes, que tinham tanta utilidade como água potável, quanto para fins medicinais.

Antes de entrar na mensagem propriamente dita, quero profetizar na sua vida que aquilo que Deus tem mantido escondido de outros ele vai revelar a você. Aquilo que tem sido um problema ou humilhante em tua vida é exatamente o que Deus vai usar para te exaltar.

As biblia não fala muito “desse tal de Aná”, mas o pouco que fala leva-me a entender três princípios fundamentais na vida daquele que Deus olha lá do céu, acha graça e decide exalta-lo. Mesmo sem dizer exatamente isso, quando eu leio e releio este versículo, o Espirito Santo de Deus me leva a crer que Aná era humilde, era obediente e se dedicou ao que fazia e isso fez com que ele chegasse onde outros não conseguiram chegar, fez com que ele descobrisse o que outros não descobriram e que ele prosperasse onde outros não prosperaram.

Você quer ser exaltado por Deus? Então esteja disposto a ter três qualidades fundamentais:

01 – Ser Humilde;

Veja bem meu amado, eu não sei o que a família de Aná fazia, eu não sei que tipo de atividades seu irmão Aiá e seu pai Zibeão estavam desenvolvendo naquela época, mas no versículo de numero vinte e nove a bíblia vai me afirmar que Aná e seu pai, ambos eram príncipes. Agora veja bem, um príncipe em vez de estar preocupados com as questões diplomáticas ou com as atividades militares como era de praxe, estava no meio do deserto cuidando de jumentos, jumentos que nem eram seus, eram de seu pai e isso para um príncipe é no mínimo humilhante.

Eu não sei em qual atividade você está enfiado ultimamente, se é humilhante, eu não sei se na sua casa, no seu ministério ou na sua vida profissional só tem te sobrado afazeres humilhantes, seja humilde, não esmoreças, pois do alto céu, Deus tem todos os dias olhado por você e pode ficar tranquilo, seu tempo de exaltação está chegando.

Eu não sei se você conhece jumento, um animal cheio de vontade própria, anda quando quer e empaca quando quer e geralmente ele quer empacar exatamente quando a gente quer que ele ande. Agora imagine você meu amado irmão, cuidando deste tipo de criatura bem meio do deserto, eu acredito que Aná ficava mais tempo correndo atrás do que cuidando, ou apascentando. Talvez o irmão estivesse em guerras, em conquistas de novas terras e posses para família, envolvido em atividades comerciais e lucrativas, mas Aná estava no meio do deserto cuidando de jumentos.

Vai me dizer que não é exatamente assim que você se sente quando vê as pessoas sendo promovidas em sua empresa, assumindo cargos no ministério, recebendo sempre o melhor que o que você recebe, seja em qual área você for. Deus hoje manda te dizer que o seu nome será conhecido como príncipe, como princesa, pois é isso que você realmente aos olhos do pai. Enquanto Aná, o cuidador de jumentos, foi príncipe, Aiá que estava em melhores posições foi só o irmão do príncipe.
Seja humilde em tudo, pois só os humildes acharão as fontes escondidas por Deus nos desertos da vida.

2 – Ser obediente

Meu amado irmão, veja bem que Aná, estava no deserto cuidando dos jumentos de seu pai, quero aqui conjecturar que talvez o pai estivesse saindo para uma viagem mercante ou para uma guerra e, depois de tudo arrumado, de tudo organizado, Aná ali pronto pra sair com a comitiva, Zibeão olha e diz, você não Aná, você fica em casa e vai cuidar dos jumentos no deserto. Talvez não seja isso que tenha acontecido, mas o importante é que Zibeão mandou e Aná obedeceu. Ora, a bíblia já Diz que melhor é obedecer do que sacrificar, 1 Samuel15.22.

Ei, escute! Aná, pega os jumentos e parte para o deserto, uma terra inóspita, onde de dia o calor excede os limites e a noite o frio é congelante, onde a água é um verdadeiro tesouro e cada gota tem que ser poupada, onde não se corre, porque não se pode dar ao luxo de se cara ou de suar em demasia, mas ao mesmo tempo precisa correr porque os jumentos não tinham “muito juízo”. A atividade de Aná, era exatamente do tipo que “ou você acredita e pega ou duvida e larga!” Mas ele obedeceu até o ponto em que Deus resolveu exalta-lo, colocando à sua frente as famosas fontes de águas quentes.

Obedeça ao seu pastor, obedeça ao seu líder, obedeça ao seu oficial, obedeça ao seu encarregado, obedeça ao seu superior, obedeça ao seu pai, pois quando você for obediente ao suficiente, quando você alcançar esta virtude Deus então colocará diante de ti aquilo que muitos procuram e não conseguem alcançar, Deus colocará diante de ti a promoção que você espera, a vitória na família, o sucesso como profissional ou o reconhecimento tão almejado.

3 – Se dedicar a aquilo que está fazendo;

As fontes de águas termais, não era uma coisa que se podia encontrar procurando, pois procurar por elas era o mesmo que procurar por uma agulha no palheiro, neste imenso palheiro chamado deserto, onde o sol forte sobre a areia branca faz você ter miragens e visões que te enganam, fazendo você acreditar que está vendo o que não está na verdade.

Eu aprendo com este cara chamado Aná que seja o que for que você estiver fazendo, faça com dedicação. Aná não ficou fingindo que estava cuidando dos jumentos, não! Ele se dedicou, pegou os jumentos e saiu a procura de grama, pasto, água, pelo deserto adentro. No mínimo, enquanto o sol lhe castigava, ele pensava consigo: “quando meu pai voltar, os jumentos estarão gordos, bonitos, bem cuidados e ele então verá que sou capaz de muito mais!”.

É quando você se dedica ao que está fazendo que surge o reconhecimento. Quer ser reconhecido no seu trabalho? Seja dedicado! Quer ser reconhecido no seu ministério? Seja Dedicado! Quer ser reconhecido em seu casamento? Seja dedicado! Independente do que for fazer, faça com dedicação, pois o reconhecimento virá.
Foi indo a fundo no deserto a procura de dar o melhor aos jumentos que cuidava, que Aná de repente se depara com as fontes termais. Segundo o historiador e escritor Flavio Josefo, este fato fez a diferença na vida de Aná e culminou com ele se tornando príncipe.

A partir de hoje, se dedique, dê o seu melhor, faça aquilo que lhe for designado com amor e dedicação. “Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças, porque no além, para onde tu vais, não há obra, nem projetos, nem conhecimento, nem sabedoria alguma. Eclesiastes 9.10.”.

Conclusão

Para concluir quero deixar um alerta, seja humilde, seja obediente e dedicado no que for fazer, pois com estas qualidades tocarás o coração de Deus. As fontes de águas termais estão onde sempre estiveram, a espera de alguém, segundo o coração de Deus, para encontra-las e desbrava-las. Eu profetizo na sua vida, que você encontrará as fontes termais, se tornará conhecido e assumirás o posto de príncipe ou princesa do Senhor.

Na Paz do Mestre!

Presbítero Cido Silva

Manual do Pregador

7 Passos Pregação Evangélica

Guia do pregador Iniciante

Teatro Evangélico KIT

CRISE, um passo para o seu crescimento espiritual

Vídeo aulas de suporte teatral

Seguidores

Mais lidos